Humberto Gessinger chegando com novo disco

O primeiro registro autoral desde 2013 sairá em CD, vinil, cassete e em todas plataformas digitais

O cantor, compositor, multi-instrumentista e escritor Humberto Gessinger lança um novo disco de inéditas após seis anos. “Não Vejo a Hora” (Deck), chega no início de outubro em CD, vinil, cassete e em todas plataformas digitais. O quarto registro solo de Gessinger foi gravado no Estúdio Soma em Porto Alegre e conta com duas formações, dois trios distintos: o “power trio” e o trio acústico.

“Foram dias muito intensos quando gravamos as 8 canções com power trio (baixo de seis cordas, guitarra e bateria) e as três com o trio acústico (viola caipira, baixo acústico e acordeon). Desde o início, saquei que o material pedia uma produção ágil, rápida, para que a força das composições não se perdesse em firulas no estúdio. Foi o que a gente fez. Com exceção de alguns vocais que eu dobrei, não há overdub no disco”, explica Humberto.

Produzido por Humberto Gessinger, “Não Vejo a Hora” é o primeiro álbum de inéditas desde “InSULar” (2013) e traz 11 canções. Todas as letras são de Gessinger e as músicas trazem parcerias com Duca Leindecker, Bebeto Alves, Felipe Rotta, Nando Peters e Esteban Tavares. São oito faixas com o power trio formado por Rafa Bisogno (bateria), Felipe Rotta (guitarra) e Humberto (baixo de seis cordas). Nas três músicas acústicas, Gessinger assume a viola caipira, acompanhado por Nando Peters (baixo acústico) e Paulinho Goulart (acordeon). “‘Não Vejo a Hora’ é um disco focado na simplicidade dos trios”, adiciona Gessinger.

As ilustrações da capa e contracapa são do artista gaúcho Felipe Constant.

 

Promoções da Cidade