Vila Velha vai receber primeira parcela de auxílio à área cultural em setembro

Artistas residentes no município devem estar cadastrados para o recebimento de recursos federais

O Plano de Ação de Vila Velha para a utilizar os recursos da Lei Aldir Blanc (Lei 14.017) foi aprovado pelo Governo Federal. Com isso, Vila Velha é uma das poucas cidades do Espírito Santo autorizada a receber o 1º lote do auxílio emergencial ao setor da cultura. A previsão é que seja enviado até o dia 11 de setembro e, a partir daí, o município será responsável pelo subsídio a entidades culturais.

À Vila Velha serão enviados R$ 3.050.149,89, que terão que ser, em até 60 dias, repassados para os espaços artísticos e empresas de micro e pequeno porte, como prevê a Regulamentação. O subsídio para manutenção desses espaços pode variar entre R$ 3 mil e R$ 10 mil por mês, de acordo com os critérios estabelecidos e aprovados. Além dos espaços culturais, os recursos serão revertidos em editais, chamamento público e prêmio. Sendo que, para edital, a previsão será de um milhão de reais para fomentar o setor da cultura em Vila Velha.

Conforme estabelece a Lei, são considerados espaços culturais: teatros, escolas de músicas, circos, cineclubes, centros culturais, museus e bibliotecas comunitárias, livrarias, editoras, sebos, ateliês de pintura e moda, feiras de arte e artesanato, produtoras de cinema, espaços de literatura, poesia e literatura de cordel, estúdios de fotografia, galerias de arte e de fotografia e espaços de comunidades indígenas ou quilombolas e de apresentação musical.

O membro do Conselho Cultural de Vila Velha, Manfredo, explicou que o cadastro para artistas e produtores culturais permanece aberto até o dia 11 de setembro para quem tiver interesse no recebimento do auxílio emergencial e  pode ser feito através do site da prefeitura de Vila Velha.

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc prevê a destinação de R$ 3 bilhões da União a estados, municípios e ao Distrito Federal para ações emergenciais na área de Cultura durante o estado de calamidade, devido à pandemia do novo Coronavírus.

A Lei Aldir Blanc foi sancionada no dia 29 de maio deste ano e regulamentada pelo Governo Federal por meio do Decreto 10.464, publicado no dia 18 de agosto. O nome da Lei é uma homenagem ao cantor Aldir Blanc que morreu em decorrência do Covid-19.

Promoções da Cidade